sábado, 27 de março de 2010

Perdendo e Ganhando!

Lembro dos planos bons que fiz, mas o vento desfez, talvez por não ser concreto, firme o bastante para continuar de pé..
E quando eu for capaz vou viver tudo que há pra viver, vou me permitir.

Sem mais permaneço onde estou, profiro continuar distânte.
Vou guardar o que é bom e o que for ruim deixo que o tempo leve..e que que os bons amigos sejam eternos, porque o que é meu ninguém rouba..e que os falsos amigos saiam logo, não fará falta!
Quando não, estarei na escuridão e dentro de mim, ligarei a luz para talvez aliviar a minha solidão, ja que é preciso admitir quando estou só.
Na  calada da noite eu navego pelos meus sonhos e me deparo com a imensidão, mas sei lá ..eu com a minha pequinez e um ser tão grande aqui dentro, impossivel eu matei todos com a faca afiada pelo ódio, no entanto
restou cicatrizes dificeis de eliminar.

                      Existem anjos e demonios

6 comentários:

  1. tão linda mo deuso (--*
    eu li primeiro \o

    ResponderExcluir
  2. lindo, muito lindo... 'vamos nos permitir!'
    =**

    ResponderExcluir
  3. ela sai de saia de bicicletinha
    uma mão vai no guidom e a outra tapando a calcinha (4x)

    Dá um arrepio quando ela sai pedalando
    mas tem uma mão na frente que tá sempre atrapalhando
    Acho que ela tem medo do piriquito voar
    Por isso que ela não para de tampar

    Eu não aguento mais
    Essa situação
    Vamo liberar geral
    Vamo tirar essa mão
    Bota a saia e vem pra rua
    na sua bicicletinha
    Eu quero ver a cor da sua calcinha

    ela sai de saia de bicicletinha
    uma mão vai no guidom e a outra tapando a calcinha (4x)

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    sabia que tu ia fazer gracinha!

    ResponderExcluir
  5. :O
    Não, o Diego não comentou isso ok?

    ResponderExcluir